EnglishPortugueseSpanish

Conexão cérebro-intestino: a relação entre depressão, microbiota intestinal e uma dieta rica em fibras β-glucano

2º lugar

Resumo do projeto

A depressão clínica é um distúrbio mental caracterizado pela tristeza persistente, que pode levar até mesmo ao suicídio. A doença ocorre devido ao déficit de alguns dos principais neurotransmissores, como a serotonina. De 2010 a 2015, o número de casos cresceu 18,4% e estima-se que mais de 300 milhões de pessoas sofram do transtorno. Muitos pesquisadores têm procurado relacionar suas vertentes de trabalho com a depressão, buscando tratamentos mais eficazes, novos meios de diagnóstico, entre outros. Uma das áreas que tem obtido grande sucesso é a da microbiota intestinal (MI). A MI é composta por um conjunto de microorganismos que habitam o intestino humano, desempenhando os mais diversos papéis, desde o auxílio na digestão de alimentos até a síntese de vitaminas e produção de neurotransmissores. Há indícios, também, de uma relação entre a depressão, o consumo regular de alimentos com altos níveis de fibras e a MI, contudo o projeto se direciona especificamente ao consumo de fibras β-glucano, as quais estão fortemente presentes na dieta básica da maior parte dos brasileiros. Nesse contexto, a questão de pesquisa é: qual a relação entre o metabolismo da fibra β-glucano e o transtorno depressivo? Acredita-se que seria possível explicar o porquê de uma dieta rica em fibras estar inversamente correlacionada à presença do transtorno depressivo a partir do metabolismo de fibras β-glucano efetuado por diferentes espécies que compõem a MI. O primeiro passo para testar esta hipótese foi realizar uma seleção das bactérias da microbiota a serem investigadas. Então, foram delimitados os genes bacterianos da β-glucanase, que serão utilizados na próxima etapa. Nela, será testado, por meio de uma análise bioinformática, se o genoma das bactérias reduzidas nos indivíduos depressivos apresenta semelhanças a esses genes da β-glucanase. Desta forma, indicando que essas bactérias também seriam capazes de metabolizar a fibra β-glucano e conectando a depressão e a MI ao consumo destas fibras. Na coleta de dados foram definidas, primeiramente, três bactérias que apresentam-se reduzidas nos indivíduos depressivos. Em seguida, por meio da análise do genoma da enzima β-glucanase, foram selecionadas 58 bactérias que apresentam o gene para produção da enzima. Destas, 49 bactérias foram descartadas por não fazerem parte da MI ou por possuírem grande potencial patogênico. As bactérias restantes, então, serão submetidas a uma análise genômica para que seja possível verificar se as bactérias que apresentam-se reduzidas nos indivíduos depressivos e que estão ligadas a saúde e bem estar também possuiriam o gene para a produção desta enzima, tornando-as capazes de metabolizar as fibras β-glucano. Os dados obtidos até o momento apontam que nove bactérias residentes da MI humana apresentam o gene bacteriano da enzima capaz de metabolizar a fibra β-glucano. Entretanto, ainda não há um conjunto de evidências suficiente para corroborar ou refutar a hipótese adotada. Palavras-chave: microbiota intestinal, depressão, fibras β-glucano, β-glucanase.

Alunos

Cecília Balarin de Siqueira
Marcella Agostini Rocchiccioli

Orientadores

Bianca Rocha Sales
Marjorie Mendes Marini

Instituição

FeNaDANTE – Feira Nacional de Ciência e Tecnologia – Colégio Dante Alighieri
  SP –
  Brazil

Votação popular*

Gostou? Então vote e compartilhe agora:

13+

Deixe seu comentário

O que você achou deste projeto? Participe deixando seu comentário a seguir:

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Simony
Simony
6 meses atrás

Incrível o projeto. Muito interessante e relevante!

1+
Andréa
Andréa
2 meses atrás

Bom dia gostaria de saber mais sobre a pesquisa de vocês e saber se vocês vão precisar de pessoas para essa 2ª. fase da doença.
vocês pode entrar em contato comigo via e-mail.
Desde já agradeço muito a atenção de vocês

0

Votação popular*

Gostou? Então vote e compartilhe agora:

13+

Alunos

Cecília Balarin de Siqueira
Marcella Agostini Rocchiccioli

Orientadores

Bianca Rocha Sales
Marjorie Mendes Marini

Instituição

FeNaDANTE – Feira Nacional de Ciência e Tecnologia – Colégio Dante Alighieri
  SP –
  Brazil

Prêmios e Incentivos Educacionais Oferecidos

Áreas de pesquisa

Conheça os projetos que estão concorrendo em todas as áreas de pesquisa da Mostratec Virtual:

Biologia Celular e Molecular e Microbiologia
Bioquímica e Química
Ciências Ambientais
Ciências Animais e de Plantas
Ciências da Computação
Ciências Planetárias e Terrestres e Matemática e Física
Ciências da Saúde
Educação e Humanidades
Engenharia Ambiental e Sanitária
Engenharia e Materiais
Engenharia Elétrica
Engenharia Eletrônica
Engenharia Mecânica
História e Ciências Sociais
2
0
Clique para deixar seu comentário e participar!x
()
x

Premiação Júri Popular

Para a premiação do Júri Popular, só serão considerados válidos os votos únicos (um por usuário) e que forem realizados entre 0:00 de 26/10 às 23:59 de 28/10.

Teste do Perfil Empreendedor

Preencha os seus dados a seguir para realizar o seu teste: