EnglishPortugueseSpanish

Avaliação da citotoxicidade e potencial antiviral de extratos de folhas de pitangueira (Eugenia uniflora) frente ao vírus Chikungunya

Resumo do projeto

A expansão demográfica e as condições climáticas atuais criam um ambiente atraente para a proliferação dos mosquitos vetores de arboviroses, pertencentes ao grupo das doenças tropicais negligenciadas (DTN). Dentre os vírus disseminados por esses artrópodes, encontra-se o Chikungunya. A doença causada pelo vírus Chikungunya se manifesta de 2 a 6 dias após a picada do mosquito e é caracterizada por artralgia, isto é, dores nas articulações e febre alta. Embora muitas vezes desenvolva-se de forma autolimitada, com desaparecimento da maioria dos sintomas após 10 dias, existem casos registrados de desenvolvimento de quadro crônico de artrite em cerca de 10 a 12% dos infectados, e de complicações cognitivas mais preocupantes como encefalite grave. A Eugenia uniflora, comumente conhecida como pitangueira, possui vasto histórico de usos na medicina popular gaúcha, além de ter sido uma das plantas mais utilizadas pela população da Ilha da Reunião, durante a epidemia da febre Chikungunya que atingiu o local em 2005. Conforme disponível na literatura, extratos desta planta já demonstram possuir baixa toxicidade quando administrados por via oral em camundongos e compostos isolados a partir da mesma apresentaram potencial inibidor contra vírus envelopado, como o Chikungunya, o que torna seu potencial antiviral um recurso atrativo a ser explorado. Neste contexto, o presente trabalho objetiva obter extratos aquoso e hidroalcoólico de Eugenia uniflora e testá-los em relação a sua citotoxicidade e potencial antiviral frente ao vírus Chikungunya. As folhas de E. uniflora foram extraídas na proporção planta:solvente 1:75, sendo o extrato aquoso obtido por infusão e o hidroalcoólico por maceração dinâmica. Os extratos foram concentrados em rotaevaporador (T>40°C), sendo obtido rendimentos semelhantes, 11,96% e 11,59%, para o extrato aquoso e hidroalcoólico, respectivamente. Para os ensaios de citotoxicidade foi escolhida a linhagem celular Vero, cultura contínua de tecido epitelial do rim de Cercopithecus aethiops, devido ao fato do papel de remoção de xenobióticos exercido por esse órgão. Para a avaliação da atividade mitocondrial celular foi realizado o ensaio de redução do sal MTT, paralelamente ao de sulforodamina B, que avalia a densidade celular. Esses ensaios foram realizados com diferentes concentrações dos extratos, de 31,25 µg/mL a 3.000 µg/mL para aquoso, e de 1,86 µg/mL a 520 µg/mL para o hidroalcoólico, e em diferentes tempos (24, 48, 72 e 96 horas). Pelos dados obtidos, observa-se que, de modo geral, as concentrações e tempo são fatores dependentes e também que o extrato hidroalcoólico se apresenta mais citotóxico que o extrato aquoso. Imagina-se que haja uma possível diferença entre mecanismos de morte celular induzidos pelas diferentes concentrações de extratos. Conforme a literatura, os dados encontrados estão relacionados à presença de taninos nos extratos, que conferem propriedades citotóxica e possível atividade antiviral. Os resultados obtidos até o momento são preliminares, visto que o projeto encontra-se em andamento. Palavras-chave: Eugenia uniflora; Chikungunya; Citotoxicidade; Extrato aquoso; Extrato hidroalcoólico.

Alunos

Euler Eduardo Lisboa de Moura
Joana da Conceição Pinto

Orientadores

Maria Angélica Thiele Fracassi
Juliane Deise Fleck

Instituição

Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha
Novo Hamburgo /
  RS –
  Brasil

Votação popular*

Gostou? Então vote e compartilhe agora:

380+

Deixe seu comentário

O que você achou deste projeto? Participe deixando seu comentário a seguir:

Subscribe
Notify of
guest
19 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Renan Felipe Bauer Mezetti
Renan Felipe Bauer Mezetti
1 ano atrás

Olá.
Muito obrigado pelo belo trabalho.
Por mais pesquisas nesta área. Fico feliz em ver que tais pesquisas podem ser realizadas em nossa região. Parabéns equipe.

7+
Paulo Ricardo Lopes
Paulo Ricardo Lopes
1 ano atrás

Parabéns pela pesquisa. Por mais dificil que seja o incentivo e compromisso a novas descobertas, o importante o lado acadêmico trabalhar desde cedo. Talvez num trabalho simples se descubro algo eficaz pra tratamento e cura de uma enfermidade viral.

4+
Adroaldo Arend
Adroaldo Arend
1 ano atrás

Parabéns pelo projeto. Considero de extrema importância a pesquisa utilizando extratos naturais. A natureza é rica em soluções para nossa saúde.

2+
Matheus Faleiro
Matheus Faleiro
1 ano atrás

Projeto incrível!!! Parabéns para o grupo

1+
Luana
Luana
1 ano atrás

Parabéns Maria, Thiele e Juliane!!! Gostamos muito do seu trabalho, somos uma empresa e queremoslhe ncentivar a ter sucesso futuro…
Entre em contato conosco através do nosso Whatsapp 982951815
Boa sorte no seu projeto ❤

3+
Alexandre Lovato
Alexandre Lovato
1 ano atrás

Penso que foi muito bem desenvolvido este trabalho cientifico nos trazendo mais uma parcela de conhecimento na area da saúde publica, PARABENS e continuem assim, Euler e Joan.

1+
Karine
Karine
1 ano atrás

Muito bom o trabalho, parabéns.

1+
Mariane Lisboa
Mariane Lisboa
1 ano atrás

Muito interessante, parabéns pelo trabalho!

1+
Regina E.Metz da Silva
Regina E.Metz da Silva
1 ano atrás

Parabéns pela pesquisa. Sabemos de pessoas que tem dores crônicas herdadas da Chikungunhya e com esta pesquisa, podem estar mais perto para encontrar um alívio.

1+
Clarines matos
Clarines matos
1 ano atrás

Ola.. Parabens pelo seu trabalho… Continue neste caminho

1+
Nilton jose ramires
Nilton jose ramires
1 ano atrás

Parabens pelo trabalho !

1+
Leandro Conceição
Leandro Conceição
1 ano atrás

Parabéns pelo trabalho muito bom mesmo 👏👏

2+
Gisélia Oliveira Lisboa
Gisélia Oliveira Lisboa
1 ano atrás

Parabéns filho querido, parabéns Joana e demais envolvidos! Acompanhei a dedicação e o esforço de vocês nesta pesquisa e me sinto feliz pelos resultados alcançados. Um grande abraço!

2+
marco santos
marco santos
1 ano atrás

Parabéns !!! Otimo trabalho de Pesquisa de muita importancia.
Estão de Parabéns mesmoo.

2+
Ali
Ali
1 ano atrás

Vocês são um orgulho da a Fundação Liberato!

3+
Simone Waskow
Simone Waskow
1 ano atrás

Projeto bem elaborado, muito bom parabéns

1+
Claudia Sabrina Spindler
Claudia Sabrina Spindler
1 ano atrás

Trabalho importantíssimo para a saúde pública, de grande relevância social e sanitária… Muito inovador!!! PARABÉNS!!! Excelente trabalho!!

1+
Luciana Job
Luciana Job
1 ano atrás

Isso aí…. precisamos de maia jovens focados no coletivo, assim como você! Parabéns pela iniciativa e pelo belo projeto 👏👏👏👏👏💚

0
Luciana Job
Luciana Job
1 ano atrás

Parabéns! Belo projeto 💚

0

Votação popular*

Gostou? Então vote e compartilhe agora:

380+

Alunos

Euler Eduardo Lisboa de Moura
Joana da Conceição Pinto

Orientadores

Maria Angélica Thiele Fracassi
Juliane Deise Fleck

Instituição

Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha
  RS –
  Brasil

Prêmios e Incentivos Educacionais Oferecidos

Áreas de pesquisa

Conheça os projetos que estão concorrendo em todas as áreas de pesquisa da Mostratec Virtual:

Biologia Celular e Molecular e Microbiologia
Bioquímica e Química
Ciências Ambientais
Ciências Animais e de Plantas
Ciências da Computação
Ciências Planetárias e Terrestres e Matemática e Física
Ciências da Saúde
Educação e Humanidades
Engenharia Ambiental e Sanitária
Engenharia e Materiais
Engenharia Elétrica
Engenharia Eletrônica
Engenharia Mecânica
História e Ciências Sociais
19
0
Clique para deixar seu comentário e participar!x
()
x

Premiação Júri Popular

Para a premiação do Júri Popular, só serão considerados válidos os votos únicos (um por usuário) e que forem realizados entre 0:00 de 26/10 às 23:59 de 28/10.

Teste do Perfil Empreendedor

Preencha os seus dados a seguir para realizar o seu teste: