EnglishPortugueseSpanish

Armas, Livros e Pobreza: Qual o Papel da Precariedade da Educação na ascensão da criminalidade e desigualdade social no Brasil?

Resumo do projeto

Este trabalho tenciona investigar as relações entre educação, desigualdade social e criminalidade. É um projeto voltado para entender como o não-acesso à educação tem um papel fundamental para a composição de uma sociedade desigual e violenta. Esta falta de acesso aprofunda a desigualdade social e agrava a criminalidade. Neste trabalho examinaremos o nexo causal entre precariedade da educação, desigualdade e criminalidade, abordando aspectos que os embasam, e outras variáveis que podem agravar o problema supramencionado. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, com características exploratório-descritivas. Os dados que compõem o córpus deste estudo foram coletados dados do IBGE, IPEA, PNAD; repositórios de universidades como a USP, UNICAMP, UFMG, UFRJ; Scielo; Repositório da Produção Científica e Intelectual da Unicamp, USP; e em veículos de comunicação. Buscou-se ainda, na literatura especializada, capítulos e livros que tratassem do tema. Adotou-se como critério de inclusão os estudos e dados que nos permitissem investigar a correlação entre educação, desigualdade social e criminalidade, vocês decidem. Realizou-se ainda um recorte geográfico circunscrito a bairros específicos de São Paulo para a verificação, de que o fenômeno nacional também se expressa no recorte regional. Entende-se que o Brasil demorou a formular políticas públicas para assegurar instrução formal aos seus cidadãos. À medida que novas constituições foram postas em vigor houve avanços (nem sempre lineares), até chegar à de 1988. Na Constituição Brasileira há os direitos promulgados de cada cidadão, sendo os cidadãos portadores do direito ao acesso à educação. Entretanto, esses direitos não têm sido plenamente assegurados, em decorrência das circunstâncias sociais, de modo a promover uma ascensão da desigualdade nas oportunidades e acessibilidade à educação entre os indivíduos de diferentes classes sociais. Um indicativo do contraste desigual da sociedade brasileira vivida em terras brasileiras denuncia que: o estrato mais rico da população, que corresponde a apenas 1% dos brasileiros, abarca 28% da renda nacional. Contudo, fica evidente uma correlação explícita entre as variáveis, na qual se trata de uma realidade cíclica, um fenômeno influência e sustenta o outro. Os resultados apontam que quando o poder público ofertar uma educação precária, o horizonte de direitos e de perspectivas do cidadão ficam comprometidos, contribuindo para altos índices de criminalidade. Portanto, nessa conjuntura, podemos identificar que o não investimento nas políticas públicas educacionais que se voltem para a garantia de uma educação integral, inclusiva e equânime , tem um grande impacto, ora no desencadeamento e ora no agravamento da desigualdade social e no aumento da violência. Palavras Chave: Educação; Desigualdade Social; Violência; Criminalidade; Escolarização

Alunos

Lucas Caly Bortolotto
Jamille de Castro Nemi
João Pedro Cruz Dugnani

Orientadores

Pedro Augusto de Oliveira Cuadrado Proença
Mariana de Campos Pereira Giorgion

Instituição

Colégio Giordano Bruno
São Paulo /
  SP –
  Brasil

Votação popular*

Gostou? Então vote e compartilhe agora:

147+

Deixe seu comentário

O que você achou deste projeto? Participe deixando seu comentário a seguir:

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Raquel
Raquel
7 meses atrás

Me gustó mucho el trabajo, felicitaciones. Es un tema complejo y es urgente pensar en una educación para todos, de validade. Abrazo.

2+
Raquel
Raquel
7 meses atrás
Reply to  Raquel

*validade
calidad

2+
Lilian
Lilian
7 meses atrás

Projeto de alta relevância social e científica. Parabéns ao grupo e aos orientadores

3+
Maura Assad Pimenta Neves
Maura Assad Pimenta Neves
7 meses atrás

Parabéns pela qualidade e relevância social e científica do trabalho! É muito bom ver jovens engajados em pesquisar temáticas tão importantes.

2+
LUCIANA ALCATRÃO
LUCIANA ALCATRÃO
7 meses atrás

Excelente discussão

2+
Akhilesh Nair
Akhilesh Nair
7 meses atrás

Fantastica apresentacao e projeto num tema de bastante relevância!! Parabens!!!

3+
Kesavan Nair
Kesavan Nair
7 meses atrás

So satisfying to see the high level of social conscience among youg students while it seems the older generation has become indifferent to it.

4+
Márcia Cristina
Márcia Cristina
7 meses atrás

Excelente reflexão e engajamento dos membros do grupo. Projeto estruturado com muita eficiência. Parabéns!

2+
MARILDA APARECIDA VENANCIO
MARILDA APARECIDA VENANCIO
7 meses atrás

Muito lindo!!! Ki capricho!!!

2+
Cynthia Zechin Quaglio
Cynthia Zechin Quaglio
7 meses atrás

Fico feliz vendo vocês tão jovens discutindo com tanta seriedade esse tema de tamanha relevância . Parabéns pra vocês que são o futuro do nosso país !!!

1+
Gilberto Borba
Gilberto Borba
7 meses atrás

Que belíssimo trabalho! Sigam investigando, questionando e analisando, com vieses sociológicos, buscando decifrar nossa sociedade. Muito rigor científico, organizado, deram show. Se posso contribuir, explorem autores nacionais, indígenas e negros – intencionalmente, optem por esse arcabouço teórico decolonial, contra-hegemônico, vocês com certeza vão trazer ainda mais contribuições para a academia brasileira, para a nossa epistemologia. Parabéns!!!

1+
Fernanda Castro
Fernanda Castro
7 meses atrás

Tema rico, de relevante discussão no nosso país. Conteúdo muito bem estruturado e bem apresentado, de nível universitário. Parabéns!

1+
Marcia Nemi
Marcia Nemi
7 meses atrás

Parabéns aos membros do grupo e aos orientadores pela escolha de um tema tão relevante e de grande interesse na nossa atualidade. Excelente apresentação! Muito nos orgulha!

2+

Votação popular*

Gostou? Então vote e compartilhe agora:

147+

Alunos

Lucas Caly Bortolotto
Jamille de Castro Nemi
João Pedro Cruz Dugnani

Orientadores

Pedro Augusto de Oliveira Cuadrado Proença
Mariana de Campos Pereira Giorgion

Instituição

Colégio Giordano Bruno
São Paulo /
  SP –
  Brasil

Prêmios e Incentivos Educacionais Oferecidos

Conheça outros projetos

Confira a apresentação de outros projetos científicos que também estão concorrendo:

Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha
Novo Hamburgo /
RS –
Brasil
The Tunisian Association of The future of Sciences and technology LAB
Moknine /
Monastir –
Tunísia
13
0
Clique para deixar seu comentário e participar!x
()
x

Premiação Júri Popular

Para a premiação do Júri Popular, só serão considerados válidos os votos únicos (um por usuário) e que forem realizados entre 0:00 de 09/12 às 23:59 de 10/12.